terça-feira, 8 de maio de 2012

estudo pintura cavernas 1

4 comentários:

  1. Quanta poesia em poucas cores! Ou, quantas cores poeticamente dispostas...

    Genial, amimgo Berzé!

    Forte abraço!

    ResponderExcluir